Morena Proibida - Bruno e Marrone Letras de músicas - Letra da música Morena Proibida

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

0-9ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ

Morena Proibida letra

     Morena Proibida

    >> Todas as letras de "Bruno e Marrone"
     Morena Proibida
    >> Bruno e Marrone
     
        Por causa de um par de olhos
    Negros de amedrontar
    Acho que a felicidade,
    Violeiro foi buscar
    Que até sua viola não
    Parou mais de tocar
    No peito desse caboclo
    Felicidade é pouco
    Dá pra ver no seu cantar
    Por uma linda morena
    Violeiro apaixonou
    Aquela flor de açucena
    Coração enfeitiçou
    Não sabia violeiro
    Da família que ela vinha
    De pai rico endinheirado
    cem mil cabeças de gado
    Era pouco pra que o tinha
    O pai daquela morena
    Tinha fama de ser duro
    E disse que o violeiro
    Na vida não tem futuro
    Com ela não tem namoro,
    Foi esse o seu recado
    Só Deus sabe o que sentia
    Violeiro magoado
    Violeiro foi embora
    Chegou na grande cidade
    No ponteio da viola
    Sobrou oportunidade
    De gravar aquela história
    Que falava de um amor
    Nas paradas de sucesso
    Violeiro estourou
    Depois de milhões de copias
    E a conta já garantida
    Voltou naquela fazenda
    Da morena proibida
    Comprou a propriedade
    E falou pro fazendeiro
    Agora caso com ela
    Se o problema for dinheiro
     

    Visualizações mensais: 145

top 50 músicas

Todas as letras e cifras são propriedade dos seus respectivos autores.
É permitido somente a visualização na tela das letras de música encontradas no Letras de Músicas,
vedada sua reprodução através de qualquer outros meios. (Lei 9610/98)
All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes only.